Frases de John J. Pershing

John J. Pershing foto
0  0

John J. Pershing

Data de nascimento: 13. Setembro 1860
Data de falecimento: 15. Julho 1948

Publicidade

John Joseph Pershing foi um militar norte-americano do Exército dos Estados Unidos que conduziu as Forças Expedicionárias Americanas na Primeira Guerra Mundial entre 1917 e 1918. Pershing rejeitou os pedidos britânicos e franceses para que as forças americanas estivessem integradas com os seus exércitos, e insistiu em que as FEA operassem como unidade única sob o seu comando, apesar de algumas divisões terem lutado sob a liderança britânica; algumas das suas tropas de reserva juntaram-se ao exército francês. Os primeiros combates com a intervenção das forças norte-americanas, ocorreram em Cantigny, Chateau-Thierry, Belleau e Soissons. Para acelerar a chegada das tropas americanas, os soldados partiram para França, deixando o equipamento pesado para trás, e utilizaram os tanques, artilharia, aeronaves e munições dos britânicos e dos franceses. Em Setembro de 1918, em Saint Mihiel, o Primeiro Exército estava sob as ordens directas de Pershing; o seu exército conquistou o saliente que estava sob controlo dos alemães havia três anos. Pershing mobilizou 600 000 homens para combater uma forte defesa nas florestas de Argonne, mantendo as suas divisões em combate durante 47 dias, juntamente com os franceses. Aquela vitória foi um de muitos factores que levaria os alemães a pedir um armistício, apesar de Pershing querer continuar a guerra.

Pershing é o único norte-americano a ser promovido a General dos Exércitos, durante a sua vida. Ele serviu de exemplo para uma geração de generais que comandaram os Estados Unidos na Europa durante a Segunda Guerra Mundial, incluindo George Marshall, Dwight D. Eisenhower, Omar Bradley e George S. Patton. Algumas das suas tácticas foram criticadas por outros comandantes contemporâneos e por historiadores actuais. A sua insistência em assaltos frontais, muito depois de os outros exércitos Aliados terem já abandonado esta táctica, tem sido apontada como causadora de baixas americanas desnecesssárias.As suas memórias My Experiences in the World War de 1932, valeram-lhe o Prémio Pulitzer de História.

Citações John J. Pershing

„I want to see all of my people and speak to them so that we may forever be friends.“

— John J. Pershing
Context: I write you this letter because I am sorry to know that you and your people refuse to do what the government has ordered. You do not give up your arms. Soldiers were sent to Taglibi so that you could come into camp and turn in your guns. When the soldiers went to camp a Taglibi, your Moros fired into camp and tried to kill the soldiers. Then the soldiers had to shoot all Moros who fired upon them. When the soldiers marched through the country, the Moros again shot at them, so the soldiers had to kill several others. I am sorry the soldiers had to kill any Moros. All Moros are the same to me as my children and no father wants to kill his own children.... I want to see all of my people and speak to them so that we may forever be friends. My Life Before the World War, 1860--1917: A Memoir, pp. 292-293 [https://books.google.com/books?id=a74_JIbehzsC&pg=PA292]