Frases de Georges Simenon

Georges Simenon foto
8  0

Georges Simenon

Data de nascimento: 13. Fevereiro 1903
Data de falecimento: 4. Setembro 1989

Publicidade

Georges Simenon foi um escritor belga de língua francesa.

Foi um romancista de uma fecundidade extraordinária: escreveu 192 romances, 158 novelas, alem de obras autobiográficas e numerosos artigos e reportagens sob seu nome e mais 176 romances, dezenas de novelas, contos e artigos sob 27 pseudônimos diferentes.

As tiragens acumuladas de seus livros atingem mais de 500 milhões de exemplares. É o autor belga, e o quarto autor de língua francesa mais traduzido em todo o mundo.

Seu personagem mais famoso é o Comissário Maigret, personagem de 75 novelas e 28 contos.

Citações Georges Simenon

Publicidade
Publicidade

„Writing is not a profession but a vocation of unhappiness. I don't think an artist can ever be happy.“

— Georges Simenon
Interviewed in Paris Review, Summer 1955; reprinted in Malcolm Cowley (ed.) Writers at Work (New York: Viking Press, 1959) p. 146.

Publicidade

„I never read contemporary fiction – with one exception: the works of Simenon concerned with Inspector Maigret.“

— Georges Simenon
T. S. Eliot in the Sunday Times, 1952; cited from David Chinitz T. S. Eliot and the Cultural Divide (Chicago: University of Chicago Press, 2003) p. 56

„You know, Fellini, I believe that, in my life, I have been more Casanova than you. I made the calculation a year or so ago that I have had 10,000 women since the age of thirteen and a half. It wasn't at all a vice. I have not the slightest sexual vice, but I have the need to communicate.“

— Georges Simenon
Interviewed by Federico Fellini in L'Express, February 21, 1977, and cited from Daniel Golay et al. Simenon, un autre regard (Lausanne: L'Hebdo, 1988) p. 104; translation from Fenton Bresler The Mystery of Georges Simenon (London: Heinemann, 1983) p. 239.