Frases de Eduardo Mascarenhas

2   0

Eduardo Mascarenhas

Data de nascimento: 6. Julho 1942
Data de falecimento: 29. Abril 1997

Eduardo Mascarenhas foi um psicanalista e político brasileiro.

Famoso na década de 1980 pela participação em vários programas de TV, como o TV Mulher, Eduardo Mascarenhas sofreu por ter denunciado, junto com Hélio Pellegrino, a conivência do então presidente da Sociedade Brasileira de Psicanálise com Amílcar Lobo e com as torturas praticadas durante o regime militar, chegando a ser expulso daquela associação.

Foi casado com a atriz Christiane Torloni na mesma época. Escreveu três livros sobre assuntos relativos à psicanálise: Emoções , Cartas a um Psicanalista e Alcoolismo, Drogas e Grupos Anônimos de Ajuda Mútua . Manteve, também, até sua morte, colunas em revistas femininas, como Cláudia e Contigo!.

Filiou-se ao PDT em 1989, pelo qual foi eleito deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro em 1990, chegando a ser vice-líder da bancada do partido na Câmara. Mudou para o PSDB em 1993, por onde foi reeleito deputado no ano seguinte. Não conseguiu terminar o segundo mandato, por ter falecido de câncer em 29 de abril de 1997, aos 54 anos.



„Quero desnudar a minha alma. Não quero uma alma vestida de ceroulas.“

„O homem casado, se não transar com as amigas da mulher, vai transar com quem?“

Autores parecidos