Frases de Clement Attlee

Clement Attlee foto
3  0

Clement Attlee

Data de nascimento: 3. Janeiro 1883
Data de falecimento: 8. Outubro 1967

Publicidade

Clement Richard Attlee, 1.º Conde Attlee foi político inglês e primeiro-ministro do Reino Unido entre os anos de 1945 e 1951.

Sucedeu a Winston Churchill como primeiro-ministro após a derrota dos conservadores para o Partido Trabalhista nas eleições de maio de 1945. Ao longo da guerra, Attlee provaria ser um aliado leal de Churchill, apesar de pertencerem a partidos rivais. Enquanto Churchill se notabilizou pela condução da Inglaterra durante a II Guerra, coube a Attlee levar um Estado falido pelo esforço de guerra à prosperidade econômica. Foi o grande construtor do Estado Britânico após o conflito, ao instituir as bases do Estado do bem-estar social no Reino Unido. Foi o responsável pela criação do Serviço Nacional de Saúde e pela nacionalização de minas de carvão e estradas e ferro. Teve entre seus colaboradores nestas reformas sociais e econômicas John Maynard Keynes e Aneurin Bevan. As instituições criadas por Attlee só seriam parcialmente revogadas por Margaret Thatcher, com a emergência do neo-liberalismo.

Sua política externa teve quatro preocupações básicas: a reconstrução da Europa do pós-guerra, o começo da guerra fria, o estabelecimento da ONU e a descolonização. De estilo político conciliador, Attlee procurou manter boas relações com os EUA e com a URSS. Participou das fases subsequentes à Conferência de Potsdam ao lado de Truman e Stalin. Apoiou o Plano Marshall para a reconstrução da Europa. Outra marca de seu governo foi o processo de descolonização, quando Índia, Birmânia, Ceilão, e Paquistão obtiveram a independência.

Foi eleito por votação de professores em 2004 o melhor primeiro-ministro britânico do Século XX em tempos não belicosos. Ele está enterrado na Abadia de Westminster.

Citações Clement Attlee

Publicidade
Publicidade

„Not Churchill. Sixty-five, old for a Churchill.“

— Clement Attlee
Harold Wilson, Memoirs 1916-1964: The Making of a Prime Minister (Weidenfeld & Nicolson and Michael Joseph, London, 1986), p. 54. At the University College 'gaudy' in Oxford, December 1939, when the dons suggested Winston Churchill should be made Prime Minister.

Publicidade

„Can't publish. Don't rhyme, don't scan.“

— Clement Attlee
Harold Wilson, Memoirs 1916-1964: The Making of a Prime Minister (Weidenfeld & Nicolson and Michael Joseph, London, 1986), p. 128. Response to John Strachey who had to ask permission to publish a collection of poems while a Minister.

Próximo