Frases de Augusto Roa Bastos

Augusto Roa Bastos photo
1   0

Augusto Roa Bastos

Data de nascimento: 13. Junho 1917
Data de falecimento: 26. Abril 2005

Augusto Roa Bastos foi um escritor paraguaio, conhecido nas áreas do ensaio, do roteiro, da poesia e do romance.

Entre 1932 e 1935, participou como enfermeiro na Guerra do Chaco, entre a Bolívia e o Paraguai, com apenas 15 anos. Em 1947 é obrigado a ir para o exílio, devido à perseguição da ditadura, na Argentina, onde publica pela primeira vez.

Em 1970, devido a outra ditadura, é obrigado a exilar-se na Europa, na França, onde ensina literatura hispano-americana.

Em 1982, numa breve visita ao seu país, perde a nacionalidade paraguaia e passa a ter nacionalidade espanhola.

Recebe diversos reconhecimentos públicos pelo mérito, originalidade e qualidade da sua obra, entre os quais o "Concours International de Romans Losada" , o "Prix du Memorial de America Latina" e é distinguido com o Prêmio Miguel de Cervantes em 1989. Sua obra está traduzida para cerca de 25 idiomas

Citações Augusto Roa Bastos

„No romance, o supremo é devorado pelo poder; no drama, pelos efeitos sociais que o poder desencadeia.“

—  Augusto Roa Bastos

En la novela, el supremo es devorado por el poder; en la pieza dramática, por los efectos sociales que el poder desencadena
Yo el supremo: pieza escénica en cuatro actos, prólogo y epílogo‎ - Página 22, Augusto Roa Bastos, Milagros Ezquerro, Iris Giménez - Presses Univ. du Mirail, 1991, ISBN 2858161569, 9782858161560 - 228 páginas

Aniversários de hoje
Daminhão Experiença photo
Daminhão Experiença26
1935 - 2016
Jacques Bénigne Bossuet photo
Jacques Bénigne Bossuet5
Teórico Absolutista do século XVII 1627 - 1704
Avril Lavigne photo
Avril Lavigne15
Cantora e compositora do Canadá 1984
Edgar Degas photo
Edgar Degas2
1834 - 1917
Outros 45 aniversários hoje