Frases de Antero de Figueiredo

Antero de Figueiredo foto

5   0

Antero de Figueiredo

Data de nascimento: 28. Novembro 1866
Data de falecimento: 10. Abril 1953

Antero de Figueiredo foi um escritor português.


„O homem vive de ilusão. É o pão nosso de cada hora. As almas sobem como o fumo; a busca do ideal é a fuga aos desgostos da vida real, quando menos bem compreendida; é um instinto de defesa, que solicita o homem a robustecer-se com nobres visualidades; é, enfim, o progresso espiritual e moral da consciência. A ilusão é fecunda.“

„É belo ignorar. Sobretudo quando a ignorância nos torna humildes e nos encaminha para a bondade, que é uma luz. Também das nebulosas nascem os astros.“


„A casa é o retrato do seu dono.“

„A mocidade é um erro belo, porque vive a vida que está para diante; a velhice é um erro triste, porque vive a vida que ficou para trás.“

„No homem há dois seres: o divino e o humano. Com o primeiro põe ele os olhos em Deus; com o segundo pisa a terra.“

Autores parecidos