„Nós nunca somos tão desamparadamente infelizes como quando perdemos um amor.“

Original

We are never so defenceless against suffering as when we love.

Fonte: 1920s, Civilization and Its Discontents (1929), Ch. 2; as translated by James Strachey, p.63

Última atualização 2 de Agosto de 2019. História
Tópicos
amor, amor
Sigmund Freud photo
Sigmund Freud137
1856 - 1939

Citações relacionadas

Milan Kundera photo
Chico Buarque photo
Nicolas Chamfort photo
Leo Buscaglia photo
Padre Antônio Vieira photo
Severo Catalina photo
Henrique José de Souza photo

„A humanidade é infeliz por ter feito do trabalho um sacrifício e do amor um pecado.“

—  Henrique José de Souza 1883 - 1963

Mensario do "Jornal do commercio" (artigos de collaboração)‎, Volume 20, Edição 3, 1942

Cecília Meireles photo
Martha Medeiros photo
Walt Whitman photo
Clarice Lispector photo

„O pré-amor, que é tão mais feliz que amor.“

—  Clarice Lispector Escritora ucraniano-brasileira 1920 - 1977

Fonte: A Paixão Segundo G. H.

Luís Vaz de Camões photo

„Mais servira, se não fora
Para tão longo amor tão curta a vida.“

—  Luís Vaz de Camões poeta português 1524 - 1580

Lyric poetry, Não pode tirar-me as esperanças, Sete anos de pastor Jacob servia

Propércio photo
Friedrich Schiller photo

„O NUNCA MAIS de não ter quem se ama torna-se tão irremediável quanto não ter NUNCA MAIS de se ter quem morreu. E dói mais fundo - porque se poderia ter, já que está vivo(a), mas não se tem, nem se terá, quando o fim do amor é: NEVER.“

—  Caio Fernando Abreu escritor brasileiro 1948 - 1996

"Pequenas epifanias: crônicas, 1986-1995" - Extremos da Paixão, Página 30; de Caio Fernando Abreu - Publicado por Agir Editora, 2006 ISBN 8522007128, 9788522007127 - 204 páginas

André Gide photo
William Shakespeare photo

Tópicos relacionados