„A felicidade nunca é triste ou alegre. É felicidade.“

Le bonheur n'est jamais triste ou gai. Il est le bonheur.
Théâtre: La terre est ronde. Histoire de rire. La Marguerite‎ - vol. 4, Página 192, de Armand Salacrou - publicado por Gallimard, 1943

Obtido da Wikiquote. Última atualização 21 de Maio de 2020. História
Armand Salacrou photo
Armand Salacrou6
1899 - 1989

Citações relacionadas

Victor Hugo photo

„A melancolia é a felicidade de se ser triste.“

—  Victor Hugo poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885

Variante: A melancolia é a felicidade de estar triste.

Pyotr Ilyich Tchaikovsky photo

„Nunca estou longe do piano, me alegra quando estou triste“

—  Pyotr Ilyich Tchaikovsky 1840 - 1893

Piotr Il'yitch Tchaikovsky
Fonte: 4º Volume dos CDs da Coleção FOLHA de Música Clássica

Marcel Jouhandeau photo

„A felicidade é logo ou nunca.“

—  Marcel Jouhandeau 1888 - 1979

citado em "Frases Geniais" - Página 15, de PAULO BUCHSBAUM - Editora Ediouro Publicações, ISBN 8500015330, 9788500015335

Aldous Huxley photo
Fabrício Carpinejar photo
Elbert Hubbard photo

„Encontre a felicidade no seu trabalho ou talvez nunca saberá o que é felicidade.“

—  Elbert Hubbard 1856 - 1915

Find your happiness in your work or you will never know what happiness is
citado em American Motherhood - Volumes 28-29 - Página 309, Crist, Scott & Parshall, 1909

Mahátma Gándhí photo
André Dahmer photo
Boris Leonidovič Pasternak photo
Josemaría Escrivá de Balaguer photo

„A verdadeira virtude não é triste nem antipática, mas amavelmente alegre.“

—  Josemaría Escrivá de Balaguer Santo da Igreja Católica Apostólica Romana, fundador da prelazia Santa Cruz e Opus Dei 1902 - 1975

Henry De Montherlant photo
Paolo Mantegazza photo
Fernando Pessoa photo

„Toda a poesia - e a canção é uma poesia ajudada - reflecte o que a alma não tem. Por isso a canção dos povos tristes é alegre e a canção dos povos alegres é triste.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

Variante: Toda a poesia - e a canção é uma poesia ajudada - reflete o que a alma não tem. Por isso a canção dos povos tristes é alegre e a canção dos povos alegres é triste.

„Amar é encontrar na felicidade do outo a sua própria felicidade.“

—  Gottfried Leibnitz

Variante: Amar é encontrar na felicidade de outrem a própria felicidade.

Boris Vian photo

Tópicos relacionados