Frases sobre romântico

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da romântico.

Tópicos relacionados

Total 62 citações, filtro:


Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Oscar Wilde photo

„A literatura romântica é, na verdade, mentira imaginativa.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Konrad Lorenz photo
Natalie Imbruglia photo

„Sou romântica e amo este tipo de canção. Queria fazer algo muito orgânico, uma produção muito clássica, sem sons eletrônicos e muito centrada nos vocais. E estas canções se prestam a esse clima.“

—  Natalie Imbruglia 1975

Sobre seu álbum "Male".
Fonte: O Dia, Entrevista (2015) http://odia.ig.com.br/diversao/2015-07-30/natalie-imbruglia-volta-a-cena-interpretando-sucessos-masculinos-apos-6-anos.html.

Chris Evans photo

„Eu acho que ele é um pouco mais reservado do que eu. Mas eu amo romance, e me considero romântico sim.“

—  Chris Evans Ator norte-americano 1981

Em resposta à “É verdade que você é tão romântico quanto o Capitão América?”
Fonte: Fantástico. Data: 20 de março de 2014.
Fonte: 'Me parece bom', diz Scarlett de estar na lista das mais sexy do mundo, Fantástico, 20 de março de 2014 http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/03/me-parece-bom-diz-scarlett-de-estar-na-lista-das-mais-sexies-do-mundo.html,

Oliviero Toscani photo
Lóránd Hegyi photo

„Este caráter cósmico do mundo figurativo de Salvatore Garau, esse universalismo afetivo vincula sua estética com a tradição do romantismo, especialmente a pintura de paisagem romântica, em que os fenômenos naturais imponentes são interpretados como metáfora do cosmos e da hierarquia metafísica da existência.“

—  Lóránd Hegyi crítico de arte 1954

Questo carattere cosmico del mondo figurativo di Salvatore Garau, questo universalismo emozionalizzato collega la sua estetica con la tradizione del romanticismo, soprattutto della pittura paesaggistica romantica, in cui gli imponenti fenomeni naturali vengono interpretati quale metafora del cosmo e della gerarchia metafisica dell'esistenza
Fonte: Lóránd Hegyi in:, Salvatore Garau, La tonalità delle emozioni, osservazioni sul romanticismo di un pittore contemporaneo, Limn Gallery San Francisco, Capricorno Gallery Waghington DC

„Deixe que parta!


Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, […] e vai para a terra que te mostrarei. v.1


Para o nosso aniversário de casamento, meu marido emprestou uma bicicleta tandem (assento duplo) para que pudéssemos desfrutar de uma aventura romântica juntos. Quando começamos a pedalar, percebi que, com o piloto à minha frente, a estrada se escondia por trás de seus ombros largos. Além disso, o meu guidão era fixo; e não afetava o movimento da bicicleta. Somente o guidão da frente determinava a nossa direção; o meu servia apenas como apoio para a parte superior do meu corpo. Eu tinha a opção de sentir-me frustrada por minha falta de controle ou de confiar que meu marido nos guiaria com segurança em nossa rota.

Quando Deus pediu a Abrão para deixar a sua terra natal e família, Ele não lhe ofereceu muitas informações sobre o destino. Nenhuma coordenada geográfica. Nenhuma descrição da nova terra nem de seus recursos naturais. Nem mesmo uma indicação sobre quanto tempo levaria para alcançá-la. Deus simplesmente o instruiu a “ir” para a terra que o Senhor lhe mostraria. A obediência de Abrão à instrução de Deus, apesar de não saber a maioria dos detalhes, como os seres humanos anseiam, lhe é creditado como “fé” (Hebreus 11:8).

Se estivermos lutando com incerteza ou descontrole em nossa vida, adotemos o exemplo de Abrão — seguir em frente e confiar em Deus. O Senhor nos orientará bem.

Devemos confiar em Deus para guiar-nos. Keila Ochoa“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
David Foster Wallace photo

„É questão de certo interesse perceber que as artes populares dos EUA da virada do milênio tratam a anedonia e o vazio interno como coisas descoladas e cool. De repente são vestígios da glorificação romântica do mundo e sofisticada e aí consumida por pessoas mais jovens que não apenas consomem arte mas a examinam em busca de pistas de como ser chique, cool - e não esqueça que, para os jovens em geral, ser chique e cool é o mesmo que ser admirado, aceito e incluído e portanto assolitário. Esqueça a dita pressão-dos-pares. É mais tipo uma fome-de-pares. Não? Nós entramos numa puberdade espiritual em que nos ligamos ao fato de que o grande horror transcendente é a solidão, fora o enjaulamento em si próprio. Depois que chegamos a essa idade, nós agora daremos ou aceitaremos qualquer coisa, usaremos qualquer máscara para nos encaixar, ser parte-de, não estar Sós, nós os jovens. As artes dos EU são o nosso guia para a inclusão. Um modo-de-usar. Elas nos mostram como construir máscaras de tédio e de ironia cínica ainda jovens, quando o rosto é maleável o suficiente para assumir a forma daquilo que vier a usar. E aí ele se prende ao rosto, o cinismo cansado que nos salva do sentimentalismo brega e do simplismo não sofisticado. Sentimento é igual a simplismo neste continente (ao menos desde a Reconfiguração). […] Hal, que é vazio mas não é besta, teoriza privadamente que o que passa pela transcendência descolada do sentimentalismo é na verdade algum tipo de medo de ser realmente humano, já que ser realmente humano (ao menos como ele conceitualiza essa ideia) é provavelmente ser inevitavelmente sentimental, simplista, pró-brega e patético de modo geral, é ser de alguma maneira básica e interior para sempre infantil, um tipo de bebê de aparência meio estranha que se arrasta anacliticamente pelo mapa, com grandes olhos úmidos e uma pele macia de sapo, crânio enorme, baba gosmenta. Uma das coisas realmente americanas no Hal, provavelmente, é como ele despreza o que na verdade gera a sua solidão: esse horrendo eu interno, incontinente de sentimentos e necessidades, que lamenta e se contorce logo abaixo da máscara vazia e descolada, a anedonia.“

—  David Foster Wallace 1962 - 2008

Bertolt Brecht photo
Jorge Amado photo
Mário Quintana photo
Hugo Von Hofmannsthal photo
Fernando Pessoa photo
Arnold Schwarzenegger photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“