Frases sobre reino

Uma coleção de frases e citações sobre o tema da reino.

Tópicos relacionados

Total 148 citações, filtro:


Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
São Tomé photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Isaque de Nínive photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Isaque de Nínive photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Isaac Newton photo
Darcy Ribeiro photo
Alfred North Whitehead photo

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Joaquim Nabuco photo
Witness Lee photo

„O dinheiro não está na esfera de Deus. Dinheiro é alheio a Seu reino; está no mundo de Satanás. Por isso dinheiro é injusto tanto em posição como em existência. Na verdade, no tocante a Deus, o dinheiro não deve existir. No universo não deveria haver tal coisa como dinheiro. Se o amarmos, amaremos algo que não deveria existir.“

—  Witness Lee 1905 - 1997

<small>- Money is not in the realm of God. Money is outside the kingdom of God; it is in the world of Satan. Therefore, money is unrighteous both in position and existence. Actually, as far as God is concerned, money should not exist. In this universe there should not be such a thing as money. If we love money, we love something that should not exist.
Life-Study of Luke, Chapter 36 Section 2, de Witness Lee - Living Stream Ministry, ISBN 0-7363-1202-1</small>
'- Sobre a pregação do evangelho

Étienne de La Boétie photo

„Há três espécies de tiranos. Refiro-me aos maus príncipes. Chegam uns ao poder por eleição do povo, outros por força das armas, outros sucedendo aos da sua raça. Os que chegam ao poder pelo direito da guerra portam-se como quem pisa terra conquistada. Os que nascem reis, as mais das vezes, não são melhores; nascidos e criados no sangue da tirania, tratam os povos em quem mandam como se fossem seus servos hereditários; e, consoante a compleição a que são mais atreitos, avaros ou pródigos, assim fazem do reino o que fazem com outra herança qualquer. Aquele a quem o povo deu o Estado deveria ser mais suportável; e sê-lo-ia a meu ver, se, desde o momento em que se vê colocado em altos postos e tomando o gosto à chamada grandeza, não decidisse ocupá-los para todo o sempre. O que geralmente acontece é tudo fazerem para transmitirem aos filhos o poder que o povo lhes concedeu. E, tão depressa tomam essa decisão, por estranho que pareça, ultrapassam em vício e até em crueldade os outros tiranos; para conservarem a nova tirania, não acham melhor meio do que aumentar a servidão e afastar tanto dos súditos a ideia de liberdade que eles, tendo embora a memória fresca, começam a esquecer-se dela.“

—  Étienne de La Boétie, Œuvres complètes d’Estienne de La Boétie

Discurso Sobre a Servidão Voluntária, Étienne de La Boétie, Página 11 http://www.culturabrasil.org/zip/boetie.pdf, LCC – verão de 2004 - 30 Páginas.
"Il y a trois sortes de tirans : les uns ont le roiaume par election du peuple, les autres par la force des armes, les autres par succession de leur race. Ceus qui les ont acquis par le droit de la guerre, ils s'y portent ainsi qu’on connoit bien qu’ils sont (comme l’on dit) en terre de conqueste. Ceus la qui naissent rois ne font pas communement gueres meilleurs, ains estans nes & nourris dans le sein de la tirannie, tirent auec le lait la nature du tiran, & font estat des peuples qui sont soubs eus comme de leurs serfs hereditaires; &, selon la complexion à laquelle ils sont plus enclins, auares ou prodigues, tels qu’ils sont, ils sont du royaume comme de leur héritage. Celui à qui le peuple a donné l’estat .deuroit estre, ce me semble,' plus supportable, & le seroit, comme ie croy, n’estoit que deslors qu’il fe voit esleué par dessus les autres, Hatté par ie ne fçay quoy qu’on appelle la grandeur, il delibere de n’en bouger point : communement celui là fait estat de rendre à fes enfans la puissance que le peuple lui a baillé; & deslors que ceus là ont pris ceste opinion, c’est chose estrange de combien ils passent, en toutes sortes de vices & mesmes en la cruauté, les autres tirans, .ne voians autre moien pour asseurer la nouuelle tirannie que d’estreindre si fort la seruitude & estranger tant leurs subiects de la liberté, qu’ancore que la memoire en soit fresche, ils la leur puissent faire perdre."
Œuvres complètes d’Estienne de La Boétie, Discours de la Servitude volontaire, Página 19- https://fr.wikisource.org/wiki/Page%3ALa_Bo%C3%A9tie_-_%C5%92uvres_compl%C3%A8tes_Bonnefon_1892.djvu/104 20 https://fr.wikisource.org/wiki/Page:La_Bo%C3%A9tie_-_%C5%92uvres_compl%C3%A8tes_Bonnefon_1892.djvu/105, Auteur Estienne de La Boétie, Éditeur Paul Bonnefon - G Gounouilhou, 1892 - 444 páginas.
Discurso Da Servidão Voluntária

Mariana Ianelli photo
Haile Selassie photo
Haile Selassie photo
Isabel I de Inglaterra photo
Isabel I de Inglaterra photo
Isabel I de Inglaterra photo
Nigel Farage photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“