„De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.“

— Vinícius de Moraes

Publicidade

Citações relacionadas

Jean Cocteau foto
Jean Paul Sartre foto

„O que você fez, daquilo que te fizeram?“

— Jean Paul Sartre Filósofo existencialista, escritor, dramaturgo, roteirista, ativista político e crítico literário francês 1905 - 1980
frase distorcida] o correto: "O importante não é aquilo que fazem de nós, mas o que nós mesmos fazemos do que os outros fizeram de nós.

Publicidade
Aldous Huxley foto
Winston Churchill foto
Immanuel Kant foto
William Shakespeare foto
Charles Maurras foto
Thomas Hardy foto
Publicidade
 Quintiliano foto
Pablo Picasso foto

„Foi o senhor que fez isso?“

— Pablo Picasso pintor espanhol 1881 - 1973
pergunta de um oficial nazista mostrando uma foto do painel Guernica à Picasso.

Charles Bukowski foto
Abraham Lincoln foto
Publicidade
Martha Medeiros foto
William Shakespeare foto
Cesare Beccaria foto
Miguel de Cervantes foto
Próximo