„Amor é prosa, sexo é poesia.“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História

Citações relacionadas

Woody Allen photo
Clodovil Hernandes photo

„Eu nasci do sexo, não do amor.“

—  Clodovil Hernandes estilista, apresentador e político brasileiro 1937 - 2009

Citação em sua página pessoal http://www.clodovil.com.br/clodovil-net/minhavida.asp
Frases clássicas de Clodovil

Florbela Espanca photo
Carlos Drummond de Andrade photo
Roland Barthes photo
Caetano Veloso photo
Wanessa photo

„O amor não tem sexo, não tem cor. O amor simplesmente te arrebata.“

—  Wanessa cantora e compositora brasileira 1982

sobre ser a favor o casamento homossexual"
Fonte: Revista IstoÉ Gente. http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/543/artigo161546-3.htm.

Domingos de Oliveira photo

„O amor é a vocação humana, o eixo de tudo, o efeito colateral do sexo.“

—  Domingos de Oliveira ator e dramaturgo brasileiro 1936 - 2019

Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 266 http://www.terra.com.br/istoegente/266/frases/index.htm (13/09/2004)

Martha Medeiros photo
Woody Allen photo

„O sexo alivia as tensões. O amor as provoca.“

—  Woody Allen cineasta, roteirista, escritor, ator e músico norte-americano 1935

Giovanni Pascoli photo
Brendan Behan photo

„A diferença entre sexo grátis e sexo por dinheiro é que, geralmente, sexo grátis custa mais.“

—  Brendan Behan 1923 - 1964

The big difference between sex for money and sex for free is that sex for money usually costs a lot less
Brendan Behan citado em "Let's Talk about Sex: More Than 600 Quotes on the World's Oldest Obsession‎" - Página 124, de Felicia Zopol - Publicado por Running Press Book Publishers, 2002, ISBN 0762414537, 9780762414536 - 144 páginas

Voltaire photo
Camilo Castelo Branco photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Oscar Wilde photo

„Tudo no mundo é sobre sexo, exceto sexo. Sexo é sobre poder.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Vergílio Ferreira photo
Nélson Rodrigues photo

„O homem começou a própria desumanização quando separou o sexo do amor.“

—  Nélson Rodrigues escritor e dramaturgo brasileiro 1912 - 1980

O Reacionário
Fonte: O Reacionário: memórias e confissões - Página 370, de Nelson Rodrigues - Publicado por Editora Record, 1977 - 526 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“