„Os olhos são cegos. É preciso ver com o coração…“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História

Citações relacionadas

Blaise Pascal photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Helena Blavatsky photo
Paulo Coelho photo
Florbela Espanca photo
Clarice Lispector photo
Martin Luther King Junior photo

„A antiga lei do olho por olho acaba por deixar todo mundo cego.“

—  Martin Luther King Junior líder do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos 1929 - 1968

The old law of an eye for an eye leves everybody blind.
"Do the Right Thing" - texto citado nos créditos do filme como sendo de autoria de Martin Luther King Jr. - Spike Lee, 120 min., EUA (1989)
Fonte: [Spike Lee (diretor/elenco/roteirista), Danny Aiello (elenco), John Turturro (elenco), Samuel L. Jackson (elenco), etc.., 13 de junho de 1989, Do the Right Thing (Faça a Coisa Certa<sup>BR</sup>, Não Dês Bronca<sup>PT</sup>, cinema, 40 Acres & A Mule Filmworks (Universal Pictures), EUA, português (dublado), original em inglês, 01h52<nowiki></nowiki>12<nowiki>'</nowiki>]

Mahátma Gándhí photo
Mahátma Gándhí photo
Chico Buarque photo
Fiódor Dostoiévski photo

„Coração é coração, mas nem por isso é preciso ser paspalhão.“

—  Fiódor Dostoiévski escritor russo 1821 - 1881

Notas do Subterrâneo ou Memórias do subsolo, Os Demônios ou Os Possessos

Teixeira de Pascoaes photo

„Só os olhos que choram sabem ver.“

—  Teixeira de Pascoaes 1877 - 1952

Fonte: Divina Tragédia, em Vida Etérea

Papa João XXIII photo

„Eu já pus meus olhos nos vossos olhos. Já coloquei meu coração junto ao vosso coração.“

—  Papa João XXIII 1881 - 1963

Fonte: thinkexist.com http://thinkexist.com/quotes/pope_john_xxiii/

Paul Gauguin photo
William Shakespeare photo
Platão photo
Chico Buarque photo
Benjamin Franklin photo

„O jeito de ver pela fé é fechar os olhos da razão.“

—  Benjamin Franklin político e fundador dos EUA 1706 - 1790

The Way to see by Faith, is to shut the Eye of Reason
Poor Richard: the almanacks for the years 1733-1758 - página 189, Benjamín Franklin, Ilustrado por Norman Rockwell, Editora Newly set into type & printed expressly for the Heritage Press, 1964, 300 páginas

Tópicos relacionados