Citar

História

  • Gerson De Rodrigues criado 11 meses, 1 semanas atrás

    Poema – Caps part 3 - Rasgue os seus pulsos! Corte a sua garganta! - Não vê como todos estão te olhando? Eles não te amam! É impossível amar um monstro como você! - Você não precisa sair do quarto Ninguém lá fora se importa com você - O que esta esperando? Enforque-se! Enforque-se! - Ninguém sentirá a sua falta Todos vão sorrir quando você se for! - Calem estas vozes! Eu suplico! Tranquem-me em um quarto escuro E me amarrem em camisas de força Quero definhar em uma ala psiquiátrica Até esquecer o meu nome Sinto as baratas corroendo as minhas entranhas Barulhos de ratos arranhando as paredes - Calem-se! Calem-se! - Quebrem os espelhos Eu não consigo olhar o meu próprio rosto Dilacerem a minha garganta! Para que eu nunca mais consiga escutar A minha própria voz Eu não consigo parar de gritar e gritar Mas parece que ninguém consegue me ouvir Há uma multidão vivendo em mim E todos eles sou eu! - Eu quero rasgar o meu rosto com as unhas Quero sentir os nervos e as vísceras pulsando Nos meus dedos sujos de sangue! - Matem-me, Matem-me! Pois sou um homem covarde e doente Eu não consigo tirar a minha própria vida Tampouco calar estas vozes que me enlouquecem - Você é um monstro Não percebe como as pessoas te olham? - Estão todos mentindo pra você Todos eles vão partir e te abandonar - Se enforque! Enforque-se e poupe sofrimentos e angustias - Você deveria raspar os cabelos E cortar os pulsos! - O seu corpo não é perfeito As suas roupas fedem como trapos E todos te olham com ódio e repulsa! Calem-se! Eu suplico que calem-se Eu desejo definhar em uma ala psiquiátrica Até esquecer o meu nome Quero definhar até as vozes calarem-se por completo Quero definhar até que o único som sejam os das baratas Se alimentando das minhas vezes Quero definhar… Até não sobrar mais nada Até que o pó Que um dia compôs o meu corpo Desapareça com o vento No recanto do nada… - Gerson De Rodrigues

    —  Gerson De Rodrigues

* For posting comments, you have to be logged in.