Citações de Diogo Mainardi

67   3

Diogo Mainardi

Data de nascimento: 22. Setembro 1962

Diogo Briso Mainardi é um escritor, produtor, roteirista de cinema e colunista brasileiro. Nos últimos anos, tornou-se um nome conhecido no Brasil, principalmente devido à sua coluna semanal na revista Veja, onde tece críticas à sociedade brasileira e às tendências políticas em geral. É um crítico constante de governos populistas como o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, sobre quem escreveu o livro Lula É minha Anta, que reúne uma coletânea de crônicas sobre o escândalo do mensalão publicadas pelo autor em Veja. É irmão do cineasta Vinícius Mainardi.

Citações Diogo Mainardi


„Ninguém mandou você ser poeta, músico, pintor ou cineasta. Se você não dispõe de dinheiro para fazer um filme ou para viver de poesia, venda o carro, ou peça emprestado a um agiota, ou explore amigos e parentes. Entre usar dinheiro público para financiar uma obra de arte e deixá-lo para ser surrupiado por um político ladrão, é menos danoso, culturalmente, deixá-lo para o político ladrão.“

„Não dou palestras. O dinheiro não vale a pena. Se alguém me oferece 10.000 reais para dar uma palestra em Cuiabá, penso imediatamente que eu aceitaria pagar 15.000 reais para não ter de ir a Cuiabá. Portanto, é como se economizasse 5.000 reais.“


„Atenção: sempre que um petista usar o termo cidadão, é porque ele quer meter a mão no seu dinheiro.“

„Um jeito simples e rápido de poupar dinheiro público é abolir o serviço militar obrigatório.“

„Os paises ricos não são ricos por acaso. São ricos porque sabem ganhar dinheiro.“