Adicionar citações

Citações de Václav Havel

Václav Havel foto

2   0

Václav Havel

Data de nascimento: 5. Outubro 1936
Data de falecimento: 18. Dezembro 2011

Václav Havel GColL foi um escritor, intelectual e dramaturgo checo. Foi o último presidente da Checoslováquia e o primeiro presidente da República Checa.

Firme defensor da resistência não-violenta , tornou-se um ícone da Revolução de Veludo em seu país, em 1989. Em 29 de dezembro de 1989, na qualidade de chefe do Fórum Cívico, elegeu-se presidente da Checoslováquia pelo voto unânime da Assembleia Federal.

A 13 de Dezembro de 1990 recebeu o Grande-Colar da Ordem da Liberdade de Portugal.

Manteve-se no cargo após as eleições livres de 1990. Apesar das crescentes tensões, Havel apoiou a preservação da federação entre checos e eslovacos durante a dissolução da Checoslováquia. Em 3 de julho de 1992, o parlamento federal não logrou elegê-lo - o único candidato a presidente - devido à falta de apoio dos deputados eslovacos. Após a declaração de independência da Eslováquia, Havel renunciou à presidência, em 20 de julho. Quando da criação da República Checa, candidatou-se ao cargo de presidente e venceu as eleições em 26 de janeiro de 1993.

Após combater um câncer de pulmão, Havel foi reeleito presidente em 1998. Seu segundo mandato presidencial terminou em 2 de fevereiro de 2003, sucedendo-lhe seu grande adversário, Václav Klaus.

Encontra-se sepultado no Cemitério Vinohradsky, em Praga, na República Checa.


„A tragédia do homem moderno não é que ele sabe cada vez menos sobre o significado da sua própria vida, mas que ele se preocupa cada vez menos."

-Cartas a Olga (1988),“ vida

„Continuamos sob o domínio da crença fútil e destrutiva de que o homem é o ápice da criação, e não apenas uma parte dela, e que, assim sendo, tudo lhe é permitido... Somos incapazes de compreender que o único sustentáculo genuíno de nossas ações - se elas forem morais - é a responsabilidade. A responsabilidade para com algo maior que a família, o país, a empresa ou o sucesso. A responsabilidade para com a própria essência do Ser, onde todas nossas ações estão indelevelmente gravadas e serão, apenas ali, corretamente julgadas."

-Parte de um discurso perante o Congresso dos Estados Unidos, citado na dedicatória do livro Vampiro: A máscara, publicado em português pela Devir Livraria“ paz, arte, idade, família