Citações de Girsz Aronson

Girsz Aronson foto

2   0

Girsz Aronson

Data de nascimento: 1898
Data de falecimento: 19. Junho 2008
Outros nomes: Aronson

Girz Aronson foi um comerciante e empresário brasileiro, conhecido como "Rei do Varejo".

Aronson chegou ao Brasil aos dois anos e dez anos depois começou a trabalhar como vendedor, comercializando bilhetes de loteria e jornais. Em 1945, começou sua primeira loja, vendendo casacos de pele e bolsas, passando para artigos infantis sete anos depois e, em 1962, finalmente chegando ao ramo de eletrodomésticos, com a G. Aronson.

Com o slogan "O inimigo número 1 dos preços altos", sua rede cresceu a ponto de empregar mil funcionários e faturar anualmente 250 milhões de reais. Aronson muitas vezes atendia os clientes, com uma caderneta na mão. A idade não o fez desacelerar: aos 80 anos, disse ao jornal O Estado de S. Paulo que queria "morrer fazendo isso". Em 1998, foi sequestrado, e sua família teve de pagar um resgate de 117 mil reais — a pedida inicial era de dois milhões — para ele sair do cativeiro depois de catorze dias. No ano seguinte, a G.Aronson, com enormes dívidas acumuladas ao longo da década de 1990, teve sua falência decretada depois de duas concordatas, mas pagou o que devia a todos seus funcionários.

Aronson decidiu então, aos 83 anos, começar de novo. Montou uma pequena loja com suas filhas em setembro de 2000, na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, com o nome de G.A. Utilidades para o Lar. Chegou a ter três filiais, mas duas delas já fecharam.

Faleceu em 19 de junho de 2008, depois de ficar internado quatro meses por conta de um câncer linfático.



„Um homem parado é a coisa mais horrível que pode haver. Mulher não aguenta o marido em casa o dia inteiro.“

„Eu me sinto como se tivesse ganho a primeira bicicleta do meu pai.“